top of page

CCS: projeto holandês e estudo dinamarquês (com preocupações)

Artigo da Dutchnews informa que o tribunal administrativo dos Países Baixos deu luz verde para um projeto para armazenar enormes volumes de CO₂ em reservatórios de gás vazios no Mar do Norte.


Trata-se do Projeto Porthos, de Captura e Armazenamento de Carbono (CCS) como já mencionado em post de outubro de 2022 “Razões pelas quais o futuro da captura de carbono parece promissor”.


Porthos significa Port of Rotterdam CO₂ Transport Hub and Offshore Storage, e objetiva armazenar 2,5 megatoneladas de CO₂ por ano – ou 1,5% do total de emissões.


Uma das principais preocupações seria a liberação demasiada de nitrogênio durante a construção. Mas isso foi considerado temporário e sem grande impacto ambiental. Recorde aqui a enorme preocupação que os holandeses com o nitrogênio.


Este projecto CCS será o primeiro nos Países Baixos. A Grã-Bretanha também tem planos para iniciar dois projectos CCS e a Noruega está trabalhando na tecnologia.


Clique na imagem abaixo para ler o artigo completo.


Além de ser cada vez mais citado, o CCS também é cada vez mais estudado.


Uma nova pesquisa publicada na Marine and Petroleum Geology investigou problemas potenciais, focando no Mar do Norte dinamarquês, onde rochas calcárias abaixo do fundo do mar contêm reservas esgotadas de petróleo e gás e agora também estão sendo consideradas para armazenar CO₂ , inclusive aproveitando a infraestrutura já estabelecida pela indústria do petróleo.


Os pesquisadores recriaram as condições ambientais (temperatura e pressão) da rocha no fundo do mar antes de injetar CO₂ supercrítico na rocha. Então usaram uma série de técnicas químicas e físicas para analisar os hidrocarbonetos presentes em amostras de rochas coletadas antes e depois da injeção supercrítica de CO₂.


Os resultados iniciais revelaram que o CO₂ supercrítico fez com que hidrocarbonetos mais leves se movessem através da rocha, enquanto formas mais pesadas, como betume e óleo rico em asfalteno, foram deixadas para trás. Isto pode causar bloqueios no fluxo do CO₂ através da rocha além de prejudicar a eficiência do sistema CCS.


Clique aqui para acessar este estudo por Rasmus Stenshøj da Aarhus University, Dinamarca, e colegas do Energy & Environmental Research Center, EUA.




Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page