top of page

Diário COP28, 4 de dezembro de 2023, Especial Carbon Credit Markets.

Notícias de Dubai. Novo ritmo para o dia.


Antes de começarmos.

Dias agitados, parte 1. Acostumamos com o metrô, mas não com a temperatura. Um colega local confirmou que estes dias têm sido realmente mais húmidos. E outro mencionou que os Emirados Árabes Unidos têm semeado nuvens para chuva. Verificamos e é verdade. E já há vários anos, com quase 300 missões de “semeadura de nuvens” anuais como parte dos esforços para aumentar as chuvas, de acordo com este artigo completo (em inglês) escrito por Miles Buckeridge para o portal “What’s On”. Também recomendamos que você visite o site do Centro Nacional de Meteorologia, pois inclui vários vídeos recentes de inundações e chuvas no deserto, se você navegar na página. Não deixe de ver estas imagens fantásticas. Algo realmente incrível.


Dias agitados, parte 2. Talvez em parte devido à (lenta) adaptação à diferença de vários fusos horários, os esforços têm sido fora do normal, de curadoria de conteúdos diários da COP28, edição e escrita para você, e depois o próprio gerenciamento técnico do portal . Obviamente, isso pode levar a contratempos. Alguns de vocês devem ter visto que um artigo sobre hidrogênio foi postado involuntariamente durante o dia em www.carboncreditmarkets.com. Isso foi corrigido e o artigo estará de volta após a COP28.


Registrados no nosso website estão recebendo esses posts antes.


O dia.

Você pode imaginar quantos palcos existem aqui na COP28? Só na Zona Azul existem cerca de 100 edifícios diferentes, alguns com dois andares, outros com vários palcos por andar. Então, naquele cenário desta manhã, procurando um painel - mas já nos sentindo perdidos - nos deparamos mais uma vez com John Kerry. Ficamos felizes em vê-lo falando agora sobre “Accelerating Zero Emission Maritime Shipping Through Corporate Demand”, até porque esse foi um dos temas que também havíamos escolhido para mais tarde naquele dia, como você lerá mais abaixo.


E enquanto saíamos daquele edifício, vimos duas organizações com - diríamos - “visão de futuro”: a Fundação Rockefeller e a OPEP. Pegamos as seguintes publicações (em inglês, talvez existindo versões online no site) para ler quando voltarmos para casa:

  • OPEC Bulletin 04/19 Special Edition - OPEC: energy, climate change and sustainable development

  • OPEC Bulletin 9-10/23 World Oil Outlook 2023 - ‘All-peoples, all-fuels, all-technologies’ approach to a sustainable energy future

  • World Oil Outlook 2045 - Executive Summary 2023


Finalmente chegamos (atrasados) ao painel que procurávamos: “Raising the bar: Delivering high-integrity carbon removals for the voluntary carbon market”. Painelistas: Tatsuro Watanabe (Mitsui OSK Lines https://www.mol.co.jp/en/), Angela Hepworth (Drax Group https://www.drax.com), Tommy Ricketts (BeZero https://bezerocarbon.com) e Amy Merill (ICVCM https://icvcm.org), com moderação de Gabrielle Walker (CUR8 https://cur8.earth e Re-Think Removals https://rethinkingremovals.org).


Amy estava falando quando chegamos, sobre integridade “antes, durante e depois”. A propósito, ouvimos Amy pela segunda vez em apenas alguns dias (confira nosso post “Diário da COP28, 2 de dezembro”).


Então, sobre a remoção de carbono:

  • “O que há de diferente do ponto de vista da integridade quando se fala em remoções?” (Tommy)

  • Enormes projetos tecnológicos de remoção de carbono nos Estados Unidos. Precisa de apoio governamental. (Angela)

  • A captura de carbono por engenharia tem CAPEX maior. Na verdade, pode precisar de apoio. No final, trata-se de “captura de carbono”, independentemente de ser por processo de engenharia ou natural (Amy)

  • “Como os tipos de remoção de carbono são tão diferentes, a durabilidade varia muito”. (Gabriela)

  • “Remoções rápidas devem ser recompensadas” (Tatsuro)

🤔


Em seguida, o próximo painel “Current Status, challenges, and opportunities from decarbonizing aviation and maritime sectors”. Os painelistas foram Haldane Dodd (Air Transport Action Group https://atag.org), Camille Bourgeon (International Maritime Organisation https://www.imo.org), Michael Rossell (Airports Council International https://aci.aero) e Ali Shehab (DNV https://www.dnv.com), moderados por Nora Nezamuddin (KAPSARC https://www.kapsarc.org)


Vamos lá:

  • E-combustíveis de aviação: já 7 certificados e 8 em caminho. (Haldane)

  • Transporte marítimo: o primeiro passo seria aumentar a eficiência da frota existente. Novas soluções não apenas sustentáveis, mas também seguras. Oportunidade: “As companhias marítimas não produzirão seus combustíveis”. “Visitei ontem um navio em Dubai, para ver como queimar amônia como combustível”. (Camille)

  • Aeroportos: incerteza regulatória. Aeroportos seguindo caminhos diferentes: Los Angeles liderando ações operacionais, Heathrow, cobrando para subsidiar o SAF. Como o SAF é tecnicamente mais puro que o combustível tradicional, a infraestrutura precisa mudar. O eventual uso de hidrogênio exigirá uma mudança importante nas operações auxiliares, como segurança e bombeiros.


Ao final, Nora recomendou essas publicações.  Como você verá, certa ênfase na perspectiva da Arábia Saudita.


Antes de encerrarmos o dia.

Além de participar nestes painéis, foi um dia repleto de interações, tanto com alguns bons e velhos conhecidos, como também com vários novos contatos. Além disso, conhecemos mais pessoas que já acompanham nosso trabalho globalmente. E apreciando nossas postagens www.carboncreditmarkets.com. Felicidade 😊 .


Pessoas e paparazzi

Estamos nos perguntando onde estão as celebridades, exceto John Kerry. Além disso, como já indicado. Ótimo dia de networking.


Our key takeaways

Ação.


Muitos movimentos significativos. Desde semear chuva no deserto (e realmente chover), prever a produção de petróleo em 2045 (e apresentar na COP28), defender as diversas formas de captura de carbono (a tal ponto que alguém diz que o que importa é a própria captura) e preparar navios e aeroportos para os novos combustíveis (exemplos de Los Angeles e Heathrow).



COP28 walking. By CarbonCreditMarkets
COP28 walking. By CarbonCreditMarkets

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page