top of page

Convertendo carros clássicos em elétricos.

Hoje é sexta-feira, 3 de maio de 2024


Que tal transformar carros clássicos em elétricos? Pois isso já é realidade. E com opiniões a favor mas também contra.


Já em 2022 havíamos comentado matéria da Forbes, indicando que o negócio de restauração de carros clássicos britânicos, substituindo seus motores convencionais por motores elétricos, estava crescendo de forma acelerada.


Citando a empresa Lunaz, além de vendas “significativas” na Europa, EUA e Ásia-Pacífico, seus carros clássicos eletrificados atraem uma nova geração de compradores.


“Essas pessoas já haviam descartado a ideia de possuir um clássico de primeira linha por causa de questões de confiabilidade, usabilidade e sustentabilidade ... Como uma expressão totalmente renovada e limpa de um carro clássico ... tornando a propriedade de carros clássicos uma proposta relevante para as gerações futuras..”


Dentre outras coisas, os motores elétricos têm menos peças móveis do que um motor tradicional, tornando o carro mais confiável.


Por outro lado, artigo mais recente da Euronews traz algumas considerações contrárias.


Para os mais tradicionalistas, os carros clássicos deveriam ser restaurados às suas especificações originais, enquanto sua conversão para carros elétricos seria um, “pecado”.


E acrescenta que os carros elétricos são silenciosos e, para alguns, o som do escape é uma parte essencial da experiência e do prazer de dirigir.


E ai? O que você acha?


Clique na imagem abaixo para acessar o portal da empresa Lunaz, e ver como ficam clássicos como Rolls-Royce, Bentley, Aston Martin, Range Rover e Jaguar convertidos para elétricos.


Aliás, a empresa tem sede em Silverstone, Inglaterra, local de um clássico circuito de Fórmula 1. Vale citar que até mesmo a Fórmula 1 já tem uma “versão elétrica”, a Fórmula E. Relembre aqui.




Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page