top of page

Captura, Utilização e Armazenamento de Carbono. Perspectivas de Mercado pela BloombergNEF para o 1º semestre de 2024: Vale da Desilusão.

Hoje é segunda-feira, 08 de julho de 2024.


Na semana passada comentamos sobre a mais nova metodologia da Verra para créditos de carbono a partir da Captura e Armazenamento de Carbono (CCS), um tema de especial interesse para setores de difícil redução de emissões como cimento, petróleo e gás natural, e geração de energia a partir de combustíveis fósseis.


Uma variação do CCS é CCUS, que significa Captura, Utilização e Armazenamento de Carbono.


Hoje cobrimos o artigo da BloombergNEF (BNEF) “CCUS Market Outlook 1H 2024: Trough of Disillusionment” (Perspectivas de mercado CCUS 1S 2024: Vale da Desilusão).


Por que esse título?


De acordo com a BNEF, “Após dois anos de crescimento consecutivo e dramático, a atividade na indústria de captura de carbono está começando a abrandar nos principais mercados. Os Estados Unidos continuam a ser o principal interveniente, com 39% no mercado em termos da capacidade de captura proposta até 2035, apesar de atrasos por pendências da diretriz 45Q.”


Antecipando que amanhã trataremos novamente do formulário 45Q, os leitores do Carbon Credit Markets já sabem algo sobre ele e outros incentivos, principalmente depois do artigo “Há fortunas a serem feitas na "corrida do ouro" da captura de carbono”, do início de 2023.


Fazendo referências específicas aos Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Holanda, Austrália, China, Noruega e Brasil, a BNEF informa que a capacidade total proposta de captura de carbono a ser instalada até 2035 atingirá 424 milhões de toneladas por ano.


Com as grandes empresas de petróleo e gás liderando esse mercado de forma pioneira, apenas em 2023 os investimentos em projetos e tecnologias de captura de carbono atingiram US$ 11,3 bilhões.


Do ponto de vista tecnológico, a BNEF cita que “tecnologias de captura como a absorção por líquidos continuarão a dominar o mercado ao longo da década. No entanto, o panorama tecnológico está começando a fragmentar. A adsorção sólida, especialmente redes metalorgânicas (em inglês: "Metal-Organic Frameworks") para captura de CO2 de cimento, está ganhando força à medida que as empresas donas de tecnologias se unem. Estas novas tecnologias ajudarão a reduzir os custos de captura e provavelmente terão expansão até 2035.”


É também feita referência à maior instalação de captura direta do ar que iniciou operações em maio, um marco importante. Postaremos sobre esse projeto nos próximos dias.


Clique na imagem abaixo para o artigo “CCUS Market Outlook 1H 2024: Trough of Disillusionment”.


Os clientes BNEF podem acessar o relatório completo.





Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page