top of page

Auditoria: a batalha contra o greenwashing

Global Reporting Initiative (GRI) sobre greenwashing: "Precisamos mais das auditorias"


Com o surgimento de um novo sistema global de relatórios de sustentabilidade tomando forma, tanto para impacto quanto para divulgação financeira, a atenção está voltada para os guardiões da informação: os auditores. Dados imprecisos e incompletos prejudicam a credibilidade das informações de sustentabilidade. Além de alegar que estão fazendo o bem, as empresas devem ser capazes de comprová-las.


A divulgação de informações relacionadas à sustentabilidade – seja sobre o valor ou os impactos da empresa – está caminhando rapidamente para a paridade com as informações financeiras e a GRI acredita que bons relatórios não podem ser alcançados sem controles eficazes e vice-versa. Isso também significa que todo o sistema de governança para salvaguardar a precisão e integridade dos dados relatados, as chamadas quatro linhas de defesa também precisam se tornar protagonistas:

  1. Estruturas de controle e controles diários

  2. Revisão da gestão

  3. Auditoria interna

  4. Auditoria externa


Mas a ‘lavagem ESG’, greenwashing, é um desafio que a comunidade de auditoria sozinha não pode resolver. Os normatizadores, em particular, têm um papel essencial. Uma infinidade de padrões e estruturas de relatórios de sustentabilidade não apenas aumenta o custo de conformidade, mas também o custo de auditoria. Imagine se as auditorias precisarem ser realizadas não apenas para relatórios financeiros com base em padrões contábeis internacionais e nacionais, mas também em dados de sustentabilidade usando os padrões GRI, padrões ISSB, regulamentação do clima da SEC, padrões europeus de relatórios de sustentabilidade (ESRS), a estrutura TCFD, e outros requisitos definidos localmente.


Clique na imagem abaixo para ler mais sobre o que o GRI está fazendo sobre tudo isso.




Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page