Veículos elétricos: diga adeus as trocas de óleo

À medida que os veículos elétricos ocupam cada vez mais espaço no mercado automotivo, partes da cadeia de valor do motor a combustão interna também serão afetadas, desde peças de reposição até serviços de manutenção. Outro elemento dessa mudança são os lubrificantes: os óleos do motor, óleos de engrenagem e fluidos de transmissão. Esses fluídos, atualmente consumidos em grandes quantidades, não serão mais tão necessários nos veículos elétricos. Em contraste, os fluidos usados ​​em baterias consistem principalmente em fluidos de transmissão e de resfriamento. Enquanto o consumo de fluidos de transmissão está em um nível comparável - 4 a 12 litros - uma bateria precisa apenas de 10 a 20 litros de líquido de resfriamento ao longo de sua vida útil, em comparação com 20 a 80 litros para um veículo "tradicional". Uma bateria também não requer nenhum óleo de motor, enquanto o carro de combustão interna requer de 50 a 90 litros ao longo de sua vida útil. Clique abaixo para ver um artigo da McKinsey.


 CARBON CREDIT MARKETS

« … car rien ne se crée, ni dans les opérations de l’art, ni dans celles de la nature, et l’on peut poser en principe que, dans toute opération, il y a une égale quantité de matière avant et après l’opération ; que la qualité et la quantité des principes est la même, et qu’il n’y a que des changements, des modifications. »

Antoine-Laurent De Lavoisier 1789, Traité élémentaire de chimie.