top of page

SAE Brasil 2023: Tudo sobre Sustainable Aviation Fuel. No mundo e no Brasil.

Terça-feira, 21 de novembro de 2023


Hoje encerramos uma série de artigos sobre painéis da 30ª edição do Congresso e Mostra Internacionais de Mobilidade SAE BRASIL.


Os anteriores foram bastante apreciados por nossos leitores:


Nesse 3o. artigo trataremos do painel "Voando verde com os combustíveis sustentáveis", mediado por Dany Oliveira, Diretor Brasil da International Air Transport Association (IATA) e com representantes da Azul, LATAM e Gol.


O grande desafio do setor da aviação é crescer de forma sustentável. Se em 2021 a quantidade de passageiros transportados foi de 2,1 bilhões, para 2023 a projeção é de 4,7 bilhões, chegando a 10 bilhões em 2050. Isso significaria a necessidade de eliminação de 21,2 bilhões de toneladas de CO2 nesse mesmo período. Ou seja, um grande esforço para acabar com a dependência de combustíveis fósseis.


De acordo com a IATA, os esforços estariam assim alocados:

65% Sustainable Aviation Fuel (SAF);

19% na compensação e captura de CO2;

13% novas tecnologias; e

3% em melhorias operacionais e na infraestrutura.


Mas o que seria o SAF?


Basicamente uma alternativa econômica "idêntica" à querosene que, além de critérios de sustentabilidade, atende os requisitos ténicos e de certificação para uso em aeronaves comerciais.


Você poderá se surpreender com as seguintes informações:

- já são 15 anos de trabalho desenvolvendo o SAF;

- combustível líquido que reduz as emissões de CO2 em até 80%;

- produzido a partir de várias fontes como reciclagem de óleos, efluentes, residúos sólidos e biomassa, dentre outros;

- em 9 rotas tecnológicas já certificadas;

- com produção atual de 300 milhões de litros por ano (0,1% do necessário);

- que foram consumidos em cerca de 490 mil vôos;

- e contratos de compra futura já atingindo US$ 40 bilhões.


Há inclusive um projeto de lei no Brasil, PL 4516 de 2023 que em seu artigo 10 indica que "A partir de 2027, os operadores aéreos ficam obrigados a reduzir as emissões de gases de efeito estufa em suas operações domésticas por meio da utilização de SAF", indo minimamente de 1% em 2027 a 10% em 2037. Há alguns dias publicamos mais a respeito sobre esse e outros projetos de lei.


Com o potencial de redução de 75% das emissões de CO2, o SAF custa hoje 4 vezes mais que a querosene de aviação.


Segundo Dany, o custo estimado para a transição energética da aviação fica em torno de US$5 trilhões até 2050.


Apenas em 2022, segundo o FMI os subsídios aos combustíveis fósseis foram de US$ 7 trilhões, equivalente a 7,1% do PIB global anual. Veja também esse gráfico da GZERO Media.


Clique na imagem abaixo para o hub de informações sobre a descarbonização da IATA sobre a indústria da aviação, gentilmente compartilhado conosco pelo Dany Oliveira da IATA. Inclui uma série de "Fact Sheets", com destaque para aquele sobre Sustainable Aviation Fuel.



(nota) No último dia 9 de novembro estivemos na AMCHAM São Paulo, Cerimônia da Premiação ECO 40 anos. E como a AMBIPAR foi uma das premiadas, recebemos um simpático saquinho com biocápsulas sustentáveis, aquela citada em nosso artigo de 24 de outubro. Com sementes de Embaúba (Cecropia pachystachya).




ความคิดเห็น

ได้รับ 0 เต็ม 5 ดาว
ยังไม่มีการให้คะแนน

ให้คะแนน

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page