top of page

RenovaBio evita emissão de 94,5 milhões de toneladas de CO2eq

Esse volume equivale ao plantio de mais de 675 milhões de árvores desde o início da comercialização dos Créditos de Descarbonização (CBios) em junho de 2020, mantidas em pé por 20 anos, segundo matéria da União da Indústria de Cana-de-Açúcar e Bioenergia do Brasil (UNICA).


A UNICA é a entidade representativa das principais unidades produtoras de açúcar, etanol (álcool combustível) e bioeletricidade da região Centro-Sul do Brasil, principalmente do Estado de São Paulo.


Cada CBios, na prática representa uma tonelada de CO2eq que deixou de ser emitida graças à substituição de combustíveis fósseis. Essa substituição ocorre, por exemplo, com a opção pelo etanol no abastecimento do veículo.


A indústria brasileira de biocombustíveis (etanol e biodiesel) vem de longa data. O Proálcool desde 1975, depois a Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio) e a obrigatoriedade da mistura de 27% de etanol na gasolina e 11% de biodiesel no diesel.


O processo de geração dos CBios envolve a mensuração da intensidade de carbono do biocombustível fabricado e seu ciclo de vida, seguindo regras e padrões internacionais. O processo envolve auditoria dos indicadores por empresas externas, consulta pública com a divulgação ampla das informações apuradas e avaliação final realizada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP).


Clique na imagem abaixo para a matéria original da UNICA, dando mais detalhes do ciclo de vida e com links para outras fontes de informações igualmente interessantes.


E sobre a evolução dos preços dos CBios, você pode acompanha aqui no portal da B3, a bolsa de valores brasileira ("Consultas", à direita). Inclusive no ano passado houveram oscilações signficativas de preço, como você pode relembrar nesse post "Brasil: disparada em créditos de carbono do RenovaBio vira investigação no Cade".






Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page