top of page

Pela primeira vez, cientistas calculam quanto CO₂ está sendo removido da atmosfera

Em um estudo liderado pela Universidade de Oxford, cientistas calcularam pela primeira vez que, a cada ano, cerca de dois bilhões de toneladas de dióxido de carbono (CO₂) são removidos da atmosfera.


Como referência, os autores estimam que as emissões anuais de CO₂ provenientes de combustíveis fósseis e cimento estejam em torno de .......... de 36,6 bilhões de toneladas CO₂.


Ou seja, a remoção representaria pouco mais de 5% do que está sendo emitido.


Cerca de 99,9% desta remoção de CO₂ ocorre através de “meios convencionais”, tais como a restauração de áreas degradadas, a criação de novas florestas, uma melhor gestão dos solos e a otimização do uso e produtos da madeira. Basicamente florestas.


Por outro lado, representando os restantes 0,1%, temos a Carbon Dioxide Removal (CDR), que consiste em capturar CO₂ da atmosfera e armazená-lo durante muito tempo na terra, no oceano, em formações geológicas ou em produtos. Basicamente captura e armazenamento de carbono.


Especialmente nos países desenvolvidos - ou países com pouca extensão territorial, sem área para restaurar florestas - a inovação em CDR tem se expandido substancialmente, exemplificada por P&D, em patentes e capacidade de investimento. E o CDR tem recebido cada vez mais atenção do público.


Em dezembro passado, o Departamento de Energia dos EUA comprometeu US$ 3,7 bilhões para financiar projetos de remoção de CO₂. A União Europeia, por sua vez, pretende capturar cinco milhões de toneladas de CO₂ anualmente até 2030. Além disso, em 2022 também tivemos notícias sobre a "OPEP for Rainforests", congregando Brasil, Indonésia e República Democrática do Congo (RDC).


"Ainda estamos no começo", acrescenta o co-autor Jan Minx, do Mercator Research Institute on Global Commons and Climate Change na Alemanha.


Clique na imagem abaixo para o portal onde poderá ler outras "Key Messages" e fazer o download da 1ª. edição do relatório "The State of Carbon Dioxide Removal" (gráficos e esquemas são ótimos!). Os dados CDR também estão disponíveis para download.


O relatório foi uma colaboração liderada por Stephen M Smith (University of Oxford), Oliver Geden (German Institute for International and Security Affairs, SWP), Jan C Minx (Mercator Research Institute on Global Commons and Climate Change, MCC) e Gregory F Nemet (University of Wisconsin-Madison)





Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page