IOSCO*: Reguladores precisam enfrentar "risco severo" do greenwashing

* International Organization of Securities Commissions / Organização Internacional de Comissões de Valores Mobiliários


De acordo com o Financial News, Martin Moloney, secretário-geral da Organização Internacional de Comissões de Valores Mobiliários (IOSCO), está pedindo aos reguladores que lidem com as crescentes preocupações de "greenwashing", a "lavagem verde". "Nem sempre é impulsionado pelo desejo ou intenção de enganar as pessoas", disse ele em um evento recente do setor. "Mas isso só lhe dá muito consolo, porque o fato é que o greenwashing é muito difundido." Moloney estava se referindo a entradas em investimentos com foco em fatores ambientais, sociais e de governança (ou ESG). Os mercados financeiros precisam desenvolver padrões comuns para fornecer consistência às informações do emissor, disse Moloney, observando que a IOSCO está trabalhando com o Conselho Internacional de Padrões de Sustentabilidade para ajudar a desenvolver uma estrutura de divulgação. "Você tem uma lacuna clara de três a quatro anos, potencialmente uma lacuna um pouco maior, na qual o "greenwashing" continuará a ser um risco grave nos mercados financeiros", alertou. Clique abaixo para o artigo.




 CARBON CREDIT MARKETS

« … car rien ne se crée, ni dans les opérations de l’art, ni dans celles de la nature, et l’on peut poser en principe que, dans toute opération, il y a une égale quantité de matière avant et après l’opération ; que la qualité et la quantité des principes est la même, et qu’il n’y a que des changements, des modifications. »

Antoine-Laurent De Lavoisier 1789, Traité élémentaire de chimie.