top of page

Guiana anuncia os primeiros créditos de carbono do mundo elegíveis para uso por companhias aéreas, CORSIA Fase 1.

Hoje é segunda-feira, 29 de abril de 2024.


Algumas semanas atrás, a Architecture for REDD+ Transactions (ART) anunciou em press release a aceitação do documento TREES apresentado pela Guiana.


A aceitação do documento indica que uma série de verificações foram realizadas de forma independente, levando à emissão para a Guiana de créditos TREES serializados:


  • 7,14 milhões de créditos de carbono, vintage 2021.


O Governo da Guiana foi autorizado pelo United Nations Framework Convention on Climate Change (UNFCCC) a usar os créditos para fins voluntários e de compliance, de acordo com o Artigo 6 do Acordo de Paris, inclusive em transferências para uso no cumprimento de Nationally Determined Contributions (NDCs).


Dentre outros, esses créditos são elegíveis para uso pelas companhias aéreas no atendimento de suas metas na fase 2024-2026 do CORSIA, o programa global de redução de emissões da International Civil Aviation Organisation’s (ICAO).


Prevê-se que sejam necessários 100-200 milhões de créditos nesta fase 1a do CORSIA, da qual participam voluntariamente 126 países, cobrindo cerca de 80% das emissões anuais do setor da aviação. Todas as operadoras aéreas participantes com emissões anuais superiores a 10.000 toneladas de emissões equivalentes de CO2 devem monitorar e comunicar as suas emissões e, em seguida, comprar créditos de carbono para compensar quaisquer emissões restantes que excedam uma percentagem das suas emissões, base 2019.


Por último, explicamos a seguir as entidades e siglas mencionadas acima:


  • ICAO é uma agência especializada das Nações Unidas que administra os padrões que regem a aviação internacional. Em 2016, a ICAO aprovou o CORSIA como um mecanismo global baseado no mercado para permitir às companhias aéreas compensar emissões futuras.


  • O ART é um programa que desenvolve e administra procedimentos padrão para creditar reduções e remoções de emissões de programas REDD+ nacionais e subnacionais de grande porte. É relacionado a Winrock International e tem sede em Arlington, nos Estados Unidos.


  • TREES aqui seria a sigla para “The REDD+ Environmental Excellence Standard”, o padrão da ART para medição, monitoramento, relato e verificação de reduções e remoções de emissões do setor florestal. Não fosse uma sigla, significaria “árvore”, em inglês.


Clique na imagem abaixo para ler o comunicado de imprensa completo do Governo da Guiana.


A Guiana é um país de língua inglesa com menos de 1 milhão de habitantes e está localizado na América do Sul, ao norte do Rio Amazonas no Brasil e a leste do Rio Orinoco na Venezuela. Guiana é uma palavra indígena que significa “Terra de Muitas Águas”.


A jornada da Guiana rumo a uma economia de baixo carbono começou em 2009.




Comentarios

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page