top of page

Greencoding é a nova fronteira de desenvolvimento de software

Essa foi uma das palestras no encerramento do Congresso FebrabanTech 2022, ontem, 11 de agosto de 2022 em São Paulo, Brasil. Você já pensou quais seriam as emissões de carbono de softwares e hardwares ? Vejamos alguns “toques na cuca” que nos passou Tim Schade, senior software architect da empresa GFT Technologies:

  • a compactação de um arquivo HTML de 200kb em um GZIP de 20kb economizaria 10kg de CO2 por ano (!).

  • um laptop trabalhando 8h/dia (138 Watt/h de energia) representaria 422g de CO2 por dia de trabalho: 8 árvores por ano !

  • Google.com … 0,09 g por busca.

Ou seja, rumo as metas carbonneutral, climatepositive ou netzero, pode-se atuar em 3 frentes diferentes:

  • compensar / offsets / #carboncreditmarkets

  • reduzir emissões atráves do uso de energia verde, ou

  • reduzir consumo

E é na redução do consumo energético que entra o Greencoding, a eficiência dos softwares / hardwares. Aqui alguns exemplos para os mais técnicos:

  1. do json ao avro

  2. do Tomcat ao Jetty como um contêiner de servlet dentro do Spring Boot

  3. compartilhe a mesma assinatura do Azure entre aplicativos para cluster

  4. bancos de dados Kubernetes, cache de segundo nível entre banco de dados e aplicativo

E ao pensar na parte de hardware, não esquecer que além do laptop, há os smartphones, os datacenters, as redes, os desktops, as TVs e outros dispositivos. Clique na imagem abaixo para saber mais sobre as soluções de Greencoding da empresa GFT Technologies.




Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page