Gmail e docs na Cloud: a Google vai informar sua pegada de carbono

A divisão de computação em nuvem da Google está se preparando para revelar a pegada de carbono de seus aplicativos Workspace, incluindo Gmail e Docs. Estão em desenvolvimento um conjunto de ferramentas para ajudar os clientes a avaliar seu impacto no meio ambiente, inclusive medir e reduzir as emissões de carbono pelo uso dos serviços do Google Cloud. A computação em nuvem é conhecida pelo alto consumo de energia de seus data centers dispersos pelo mundo e há anos a Google vem comprando compensações de energia renovável para neutralizar o consumo de suas "server farms". A previsão da disponibilização dos dados de carbono do Workspace é no início de 2023. Clique para ler mais, artigo da Bloomberg.



 CARBON CREDIT MARKETS

« … car rien ne se crée, ni dans les opérations de l’art, ni dans celles de la nature, et l’on peut poser en principe que, dans toute opération, il y a une égale quantité de matière avant et après l’opération ; que la qualité et la quantité des principes est la même, et qu’il n’y a que des changements, des modifications. »

Antoine-Laurent De Lavoisier 1789, Traité élémentaire de chimie.