top of page

França prepara-se para os Jogos Olímpicos 2024. E para um aumento de 4°C no aquecimento até 2100.

Hoje é segunda-feira, 15 de janeiro de 2024.


O Governo Francês prepara-se para publicar o seu PNACC-3, terceiro Plano Nacional de Adaptação às Alterações Climáticas (Plan national d’adaptation au changement climatique).


E há fortes indícios de que o país já está se preparando para um aumento de 4°C na temperatura até 2100, o que significa também que o Governo francês, após uma consulta pública, considera o cenário mais pessimista do Painel Internacional sobre Alterações Climáticas (IPCC) como realista.


"L'objectif général du 3ème Plan national d’adaptation au changement climatique (PNACC) est de préparer la France aux conséquences d’un réchauffement mondial de 1,5 °C en 2030, 2 °C en 2050 et 3 °C en 2100". O mesmo press release indica que no último dia 19 de outubro o Ministro da Transição Ecológica, Christophe Béchu reuniu-se com a equipe responsável pela elaboração do PNACC-3.


Como referência, a meta do Acordo de Paris é manter o aumento das temperaturas “bem abaixo” dos 2°C.


A França também estabeleceu um plano para enfrentar as ondas de calor (Vagues de chaleur), que podem ser muito relevantes considerando os Jogos Olímpicos de Paris 2024. O plano tem quatro eixos:

  • Eixo 1: limitar os impactos na vida quotidiana dos franceses.

  • Eixo 2: garantir a continuidade dos serviços públicos essenciais.

  • Eixo 3: garantir a continuidade da vida económica.

  • Eixo 4: proteger ambientes e recursos naturais.



O relatório PNACC-2 com 26 páginas pode ser baixado clicando na imagem abaixo, enquanto o PNACC-3 está sendo finalizado, segundo o site principal, do Centre de Ressources pour L’adaptation au Changement Climatique.


Aliás, no site consta o seguinte texto em francês:


“Conforme anunciado pelo Ministério da Transição Ecológica e Coesão Territorial, o PNACC-3 integrará um cenário mais realista face à dinâmica atual, e que garantirá que os franceses estejam bem protegidos dos impactos das alterações climáticas. embora a França ambicione a neutralidade carbõnica em 2050, dadas as dificuldades em estabilizar e depois reduzir as emissões de gases com efeito de estufa à escala global, seria uma questão de adaptação gradual aos níveis de aquecimento global em comparação com a era pré-industrial:


2030: +1,5°C em todo o mundo, ou +1,5°C na França continental


2050: +2°C em todo o mundo, ou +2,7° na França continental


2100: +3°C em todo o mundo, ou +4°C na França continental"


Por último, você também pode se interessar pelos "Principais números sobre o clima - França, Europa e no mundo - Edição 2023 - Outubro 2023" disponibilizados pelo Departamento de Dados e Estudos Estatísticos do Ministério Francês da Transição Energética. Clique aqui.




Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page