top of page

Estados Unidos, 45Q: Até US$ 180/tonelada em Créditos Fiscais para Sequestro de Carbono.

Hoje é terça-feira, 09 de julho de 2024.


Conforme prometido na “imperdível” matéria de ontem, hoje abordamos o Crédito Fiscal de Sequestro de Carbono, comumente conhecido como Tax Credit 45Q e introduzido no código tributário do IRS dos Estados Unidos em 2008.


IRS significa Internal Revenue Service, órgão responsável por administrar as leis tributárias, processar e auditar as declarações de imposto de renda dos contribuintes (taxpayers) daquele país.


Note que neste artigo quando nos referimos a crédito, em vez de crédito de carbono, estamos nos referindo a crédito fiscal.


O sequestro de carbono é o processo de captura e armazenamento de carbono atmosférico (CCS), dentre as quais os processos:


(1) Geológico, de armazenamento de CO2 em estruturas rochosas subterrâneas, como formações salinas profundas e - mais comuns - reservatórios de petróleo e gás. Neste caso pode ser utilizado para Enhanced Oil Recovery (EOR). Neste processo, o CO2 é pressurizado em um líquido e injetado em uma jazida de petróleo, a fim de reduzir a viscosidade do mesmo, permitindo que ele flua mais livremente para o poço. Quando o CO2 sequestrado é usado desta forma, ele é chamado de tertiary injectant.


(2) Biológico, de armazenamento de carbono atmosférico na vegetação, solos, madeira e ambientes aquáticos.


Em 2018 o 45Q passou a aceitar a captura de carbono através da fixação por fotossíntese ou quimiossíntese - cultivo de algas ou bactérias - ou conversão química num produto no qual o óxido de carbono é armazenado de forma segura e para o qual exista um mercado comercial.


Como referência, os taxpayers dos Estados Unidos que já capturavam carbono e que atendiam a todos os requisitos do 45Q antes de 2023, incluindo a quantidade mínima anual capturada, eram elegíveis aos seguintes créditos fiscais:


  • US$ 40,89/tonelada métrica de CO2 sequestrado geologicamente;


  • US$ 27,61/tonelada métrica de CO2 CO2 sequestrado geologicamente com EOR ou outro uso qualificado de CO2.


O Inflation Reduction Act de 2022 aumentou esses valores e criou condições adicionais para projetos mais novos, ampliando e melhorando o 45Q para US$ 85/tonelada para armazenamento geológico e US$ 180/tonelada para captura direta do ar (DAC). Proprietários de equipamentos de captura de carbono também têm direito a reivindicar esses créditos. Vide este arquivo do US Congressional Research Service (CRS) para mais detalhes.



(CRS). The Section 45Q Tax Credit for Carbon Sequestration
. Congressional Research Service
Fazer download de CONGRESSIONAL RESEARCH SERVICE • 390KB


Considerando os custos totais da CCS por indústria – química, hidrogênio, cimento, refinarias, siderurgia e petroquímica – existe um folheto da Clean Air Task Force (CATF) que dá uma ideia sobre o quão bem-vindos estes créditos fiscais 45Q podem ser para estimular a inovação nessas indústrias. Clique aqui para o folheto.


A mesma fonte do CRS indica que, apesar da incerteza sobre o futuro do CCS, há uma estimativa do Governo dos Estados Unidos de que os créditos 45Q totalizarão US$ 2,4 bilhões no período 2022-2026 e US$ 30,3 bilhões de 2022 a 2032.


Aqui você pode baixar as orientações mais recentes, de dezembro de 2023, do IRS sobre 45Q.



(IRS). Carbon Oxide Sequestration Credit. Instructions for Form 8933. Rev. December 2023
.
Fazer download de • 576KB


Clique na imagem abaixo para ler o texto oficial contendo a legislação correlata em vigor para “45Q: Credit for carbon oxide sequestration”, pelo Office of the Law Revision Counsel of the US House of Representatives (OLRC).




Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page