top of page

ESG na Europa, Reino Unido, EUA e Brasil: desafios, oportunidades e tendências regulatórias

No escritório do Mattos Filho nesta quinta-feira, 4, em São Paulo, Brasil.


Grande evento. Com Amadeu Ribeiro, Juliana Ramalho, Lina Pimentel e Marcel Ribas. E Gerard G. Pecht, Caroline May e Kevin Harnisch da Norton Rose Fulbright.


Painel 1. Sobre os pilares ESG das empresas:

  • Impacto ambiental, licenciamentos, emissões de GEE, dados de carbono, poluição, sustentabilidade, resíduos, leis de consumo e produtos

  • Impacto social e direitos humanos, condições de trabalho, comunidades, saúde e segurança, relações com funcionários, diversidade

  • Governança, estrutura corporativa, composição do conselho, linhas de reporte, tratamento de dados, relatórios, compliance, compras, cadeia de suprimentos, investimentos


Sobre o European Green Deal: Energia climática, Energia limpa, Indústria sustentável, Construções e reformas, Mobilidade sustentável, Eliminação da poluição, Do campo ao garfo, Preservação da biodiversidade, Pesquisa e desenvolvimento, Prevenção da concorrência desleal de “vazamento de carbono”


E um comentário adicional de Caroline May: “Por causa do sol, o Brasil está muito bem posicionado para a indústria do hidrogênio verde”


Painel 2. Sobre os principais regulamentos e normas ESG

  • Brasil🇧🇷: CVM 59/2021 e 175/2022, ANBIMA, PRSAC (Banco Central), SUSEP 666/2022

  • EU 🇪🇺: SFDR, EU Taxonomy, CSRD, CSDD

  • UK 🇬🇧: TCFD (obrigatório), UK Taxonomy, SDR, SECR

  • Voluntário Global 🌎: TCFD, ISSB


Caroline May conclui com outro grande comentário: “A menos que o dinheiro se mova, nada vai mudar”.


Também foi uma oportunidade para fazermos perguntas, inclusive de dois de nossos leitores do LinkedIn:

  • Ronaldo Lundgren, sobre a (ainda não) aplicação do European Carbon Border Adjustment Mechanism (CBAM) à alimentos (e agricultura) após o último post de 26 de abril “União Europeia: novo imposto de carbono sobre bens importados aprovado ontem, entre outros” . A resposta curta é que de fato ainda não, considerando a atual crise na Europa e a questão da “segurança alimentar”. Além da complexidade da legislação jurisdicional de cada país.

  • John Loomis, que perguntou - com razão - sobre a existência de um compêndio semelhante de referências sobre as regulamentações brasileiras, quando em 3 de abril publicamos “Principais desenvolvimentos ESG em países selecionados. Por Sullivan & Cromwell” . Bem, nesse sentido, o evento - e este post - começam a ajudar.

  • - Nossa própria pergunta, sobre os recentes “regulamentos anti-ESG” em algumas jurisdições nos Estados Unidos. Como resposta, destacaram-se os desafios enfrentados pelos fundos de pensão. E advogados.


Eventos presencias como este são valiosos em conteúdo e debates, bem como para networking.





Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page