top of page

El Niño sob várias perspectivas.

Hoje é quinta-feira, 23 de novembro de 2023.


El Niño.


Uma espécie de lente de aumento para o aquecimento global.


Mesmo que você não acredite totalmente, experimente ligar o forno da sua cozinha e deixar a porta aberta por algum tempo. 200 anos, talvez. Não se assemelharia, por exemplo, ao impacto das queimas de gás nos poços petrolíferos, principalmente de metano, nos cerca de 16.000 "flaring sites" ao redor do globo? Ou o aumento da concentração de CO2 na atmosfera, por diversas razões, provocando o efeito estufa?


Provavelmente não haverá gelo suficiente na geladeira para contrabalançar isso.


Ou mesmo a crença de que o ar condicionado produz ar frio, quando na realidade conduz o ar quente para o exterior. Basta colocar a mão na parte externa de um aparelho de ar condicionado e você sentirá. Airco são trocadores de calor. Com o exterior. Além disso, cria demanda por mais energia... vem de qual fonte?


De volta ao El Niño.


Apesar de já ser sentido na pele por todos os seres vivos da Terra, vamos recapitular este fenômeno que ocorre em média a cada quatro anos e dura cerca de 18 meses. Ceteris paribus.


De acordo com a NOAA, a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos, El Niño é o aquecimento do Oceano Pacífico na costa oeste da América do Sul, perto do Equador e do Peru. É chamado de El Niño porque foi notado originalmente perto da época do Natal. O oposto do El Niño é o La Niña, e está relacionado ao resfriamento do Oceano Pacífico. Mudanças na temperatura oceânica levam a impactos na atmosfera e no clima global.


Tanto no hemisfério Sul como no Norte, tanto no inverno como no verão, ele altera e amplifica efeitos relacionados à umidade, secas, temperaturas e intensidade dos fluxos atmosféricos.


Afeta o abastecimento de água e a produção de alimentos.



Os mercados financeiros, geralmente materialmente imunes aos impactos climáticos, também anteciparam preocupações. “Uma alta probabilidade de um evento El Niño no segundo semestre de 2023 traz preocupações de condições climáticas extremas, inflação persistente, interrupções na cadeia de abastecimento e volatilidade do mercado”, conforme citado em um relatório da Charles Schwab mencionado em nosso post “El Niño pode trazer tempestades para os mercados".


Clique na imagem abaixo para ler mais (em inglês) no site do NOAA Climate Prediction Center.


Há uma animação interessante do impacto global e mais para ler sobre El Niño e La Niña.


Por último, mas não menos importante, recomendamos ler novamente estes posts:

e




 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page