top of page

Deloitte: Riqueza, pobreza, incerteza econômica e o comportamento sustentável


Hoje vamos falar sobre pessoas. Pessoas enfrentando um mundo pós-pandêmico, evidentemente esquentando, enfrentando incertezas econômicas, inflação, desemprego, automação, crise energética e conflitos.


"O comportamento sustentável é um luxo?"


Esta é a tradução da pergunta introdutória da recente Deloitte’s Global Sustainability Survey, parte do Deloitte's Global State of the Consumer Tracker, sobre atitudes e comportamentos de sustentabilidade em mais de 20 países.


Aqui o resultado resumido:

  • arrefecimento geral do apoio à ações climáticas

  • menos pessoas fazendo escolhas sustentáveis

  • menos apoio para ações climáticas dos governos

  • menor vocalização

  • menor defesa da sustentabilidade nos locais de trabalho

  • menor disposição em trocar um emprego por outro mais sustentável


"... condições econômicas pessoais moldam profundamente a amplitude e a profundidade dos comportamentos sustentáveis ​​... a transição também precisa ser equitativa, o que significa garantir que todos - não apenas consumidores ricos ou trabalhadores bem pagos - consigam fazê-lo". O status socioeconômico mais baixo cria barreiras para comportamentos sustentáveis. Acesso e oportunidade estimulam mais do que "simplesmente" atitudes. Apesar da maioria dos entrevistados sentir ansiedade com relação à questões climáticas e as considerá-las uma emergência.


"Divergências entre as ações climáticas e o comportamento sustentável vão além dos meios financeiros... Elas também sugerem questões estruturais mais profundas"


“As empresas, especialmente aquelas com um grande número de trabalhadores em vários níveis de renda, devem testar se seus esforços de sustentabilidade estão alcançando todos os funcionários”.


E, dado o potencial de sensibilidade ao preço, as empresas voltadas para o consumidor devem inovar para reduzir seus custos gerais. E associar riqueza a eventualmente consumir menos.


Sobre as gerações mais jovens, parcela cada vez maior dos consumidores, Deloitte's 2023 Gen Z and Millennial Survey indicou que 37% dos millennials e 33% da Geração Z já evitam comprar fast fashion, e cerca de 80% dos entrevistados querem que as empresas se esforcem mais para que os consumidores decidam-se cada vez mais por compras mais sustentáveis.


Sobre políticos e governos, nem é preciso dizer o quão crítico é o seu papel.


Clique na imagem abaixo para ver o relatório online completo, incluindo vários gráficos interessantes.




Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page