top of page

Consulta Pública da ERS: Novo Padrão para Financiamentos de Projetos de Restauração em Menor Escala

ERS, uma empresa comprometida em capacitar comunidades locais e garantir que o financiamento climático chegue a projetos de restauração, está lançando um novo padrão, o Ecosystem Restoration Standard, para os Mercados Voluntários de Carbono (VCMs). A empresa abriu consulta pública sobre sua nova Norma para garantir que ela esteja bem completa e alinhada com as necessidades e expectativas de seus usuários.


Leia abaixo o que a ERS vem desenvolvendo, incluindo detalhes sobre a Consulta Pública sobre essa nova Norma, que vai até 5 de maio de 2023.


ERS arrecada € 5 milhões para desenvolver padrão de restauração de alta integridade para mercados voluntários de carbono

Após dois anos de pesquisa e desenvolvimento, a ERS garantiu € 5 milhões em financiamento inicial de investidores de primeira linha, liderados por LocalGlobe e RAISE Seed for Good. A norma certifica projetos de restauração nos VCMs e avalia e monitora seu impacto no clima, na biodiversidade e nos meios de subsistência locais. A ERS investiu pesadamente em tecnologias de monitoramento, relatórios e verificação digital (dMRV) para melhorar a rastreabilidade de projetos certificados. A empresa visa reduzir as barreiras à entrada de projetos de restauração de menor escala e aumentar o financiamento para eles nos VCMs.

Área de Boanamary, Madagascar: Comunidades locais se dirigem para plantar propágulos de mangue (crédito da foto: ERS)

ERS pretende aumentar o financiamento para projetos de restauração de menor escala em mercados voluntários de carbono

Fundado em 2020 por Thibault Sorret (CEO) e Priscille Raynaud (Diretor de Operações), o Ecosystem Restoration Standard foi construído em um contexto onde os mercados voluntários de carbono apresentam um desafio para compradores astutos. Citação de Thibault Sorret, co-fundador e CEO da ERS: "Menos de 5% dos créditos nos mercados voluntários de carbono vêm de projetos de reflorestamento e, desses, a maioria são plantações industriais de espécies não nativas. Acreditamos fortemente que mais financiamento precisa ir para projetos de restauração de menor escala. Isso começa na construção de um padrão projetado para avaliar e monitorar o impacto dos projetos no clima, na biodiversidade e dos meios de subsistência locais”. A norma estipula que pelo menos 70% do financiamento deve ir diretamente para o projeto, para permitir que os projetos de restauração efetivamente desempenhem um papel crítico no cumprimento dos objetivos globais de clima e biodiversidade. Ao envolver os principais atores e o público em geral no processo de consulta, a ERS espera garantir que seu futuro padrão seja amplamente adotado e tenha um impacto positivo nas iniciativas e projetos de restauração de ecossistemas que pretende apoiar.



Propágulos de mangue plantados pela comunidade local na área de Boanamary, em um dos locais de teste piloto em Madagascar (crédito da foto: ERS)



ERS lança consulta pública sobre seu novo padrão, buscando garantir que o financiamento climático chegue aos projetos


A ERS iniciou uma consulta pública para seu Ecosystem Restoration Standard, reunindo informações e feedback de atores-chave, incluindo empresas, ONGs, governos e comunidades locais, até 5 de maio de 2023. A empresa está empenhada em capacitar as comunidades locais, garantindo que, em pelo menos 70% do financiamento climático vá diretamente para o solo. O processo de consulta ajudará a ERS a garantir que seu padrão seja completo, prático e alinhado com as necessidades e expectativas de seus usuários.


Citação de Thibault Sorret, co-fundador e CEO da ERS:

Ao envolver os principais atores e o público em geral no processo de consulta, é mais provável que o padrão seja amplamente adotado e tenha um impacto positivo nas iniciativas e projetos de restauração de ecossistemas que pretende apoiar. A opinião de nossos stakeholders é importante para nós. Queremos o feedback deles sobre o Ecosystem Restoration Standard.


Observe que a ERS apresentou o Padrão em detalhes durante uma sessão de Webinar. Assista ao replay aqui.




Sobre a empresa

O Ecosystem Restoration Standard é uma certificação para projetos de restauração baseados na natureza nos Mercados Voluntários de Carbono. Ele foi projetado para capacitar esforços de restauração de pequena escala liderados pela comunidade que combatem as mudanças climáticas, elevam a biodiversidade e melhoram os meios de subsistência.

Ao integrar o dMRV (monitoramento, relatório e verificação digital) de última geração ao padrão, podemos acompanhar continuamente o progresso em várias linhas de base, fornecendo maior rastreabilidade e transparência para desenvolvedores e compradores de projetos.

Para saber mais, visite nosso site https://www.ers.org .




Kommentare

Mit 0 von 5 Sternen bewertet.
Noch keine Ratings

Rating hinzufügen

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page