Coisa do outro Mundo: fazenda solar espacial abastecendo a Terra

Euronews. Parece coisa de ficção científica - mas a Europa pode um dia ser alimentada por gigantes painéis solares orbitando no espaço.

A Agência Espacial Européia (ESA) revelou um plano para coletar a energia do sol no espaço e enviá-la de para a Terra.

A tecnologia ainda está em fase de testes preliminares - mas o objetivo final é a construção de uma fazenda espacial solar de 2 km de comprimento, gerando tanta energia quanto uma usina nuclear.

A fazenda orbitaria 36.000 km acima da Terra. E robôs forneceriam a manutenção contínua no espaço.

A transmissão de energia "wireless" funcionaria como uma antena wifi ou 4G (!). O desafio é evitar que a onda se disperse e tê-la muito concentrada (como um laser). E convertê-lo de volta em energia.

Mais barato que petróleo, gás ou energia nuclear, cientistas esperam que isso se torne realidade em 20 anos.

Clique abaixo para ver um vídeo (em francês com legendas em inglês).


E lembre-se aqui do post de julho sobre o experimento chinês também para irradiar energia solar do espaço para a Terra, já mostrando alguns resultados promissores.




 CARBON CREDIT MARKETS

« … car rien ne se crée, ni dans les opérations de l’art, ni dans celles de la nature, et l’on peut poser en principe que, dans toute opération, il y a une égale quantité de matière avant et après l’opération ; que la qualité et la quantité des principes est la même, et qu’il n’y a que des changements, des modifications. »

Antoine-Laurent De Lavoisier 1789, Traité élémentaire de chimie.