top of page

"Climate quitters": pessoas que deixam empregos para seguir carreiras com propósitos climáticos

Depois do "quiet quitting", a nova tendência crescente no mercado de trabalho são os "climate quitters": profissionais que trocam empregos regulares por outros mais ambientalmente responsáveis ​​e focados em questões climáticas.


De acordo com uma pesquisa do LinkedIn de 2022, as listas de "empregos verdes" cresceram a um ritmo anual de 8% desde 2015, enquanto os "talentos verdes" cresceram apenas 6% ao ano.


Oportunidades. Aqui estão algumas dicas ao considerar "climate quitting":


  1. Network: busque pessoas da área que você admira e seja genuinamente curioso sobre sua "jornada verde"

  2. Requalificação: procure oportunidades para expandir seus conhecimentos sobre mudanças climáticas e sustentabilidade. Isso pode ser feito por meio de educação formal ou informal

  3. Voluntariado: engajar-se em atividades voluntárias é uma ótima maneira de obter experiência prática e conhecer novas pessoas que podem abrir portas para você no futuro


A Carbon Credit Markets foi fundada por um "climate quitter".


Aqui um pouco de nossa história de curto prazo (apesar de nosso domínio www.CarbonCreditMarkets.com vir desde 2004 ... tempos do Protocolo de Kyoto. E deste "histórico" artigo brasileiro "Ministério do Desenvolvimento e BM&F lançam mercado de redução de carbono").


  1. Networking: no final de 2021, éramos cerca de 500 pessoas seguindo o blog. Agora somos mais de 7.600. E crescendo em ritmo regular. Em termos de engajamento, nossos posts têm superado constantemente, às vezes até 7 vezes mais, os de blogs com muito mais seguidores. Isso significa que a qualidade de nossos artigos é apreciada (Obrigado!). E "trending". E "market maker".

  2. Requalificação: nosso corpo editorial lê muito todos os dias, para que os melhores conteúdos, mais atuais, construtivos e "toques na cuca" cheguem até você. Dos créditos de carbono às tecnologias de captura de carbono. Das leis à ciência. Das renováveis ​​ao hidrogênio. De países a pessoas! Nosso pipeline de artigos diários para curadoria às vezes chega a algumas centenas (sim!). Para que um seja composto seletivamente para vocês, nossos leitores.

  3. Voluntariado: Carbon Credit Markets ainda não é monetizado. E nossa equipe movida pelo PROPÓSITO, ainda limitada (e sobrecarregada :-|). Mas permanentemente criando e evoluindo. Agradecemos que cada vez mais pessoas aproximam-se de nós, dispostas a colaborar com conteúdos, ideias vanguardistas, propostas de negócios e dispostas a desenvolver projetos de créditos de carbono (e de hidrogénio também!).


Mais uma vez, obrigado!


Clique abaixo para um artigo da Bloomberg e entrevistas com "climate quitters". E apesar de ser de 2018, você também pode se interessar por este relatório detalhado de 189 páginas (em inglês) da Organização Internacional do Trabalho (OIT), "Greening with jobs".




Bình luận

Đã xếp hạng 0/5 sao.
Chưa có xếp hạng

Thêm điểm xếp hạng

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page