top of page

Árvores: O Potencial das Florestas Plantadas

"Todos que falam de sequestro e fixação de carbono falam de floresta, porque a árvore é o ser que pratica a fotossíntese, que captura o carbono na atmosfera e fixa na célula. Metade da massa de uma árvore é carbono. Quanto mais tivermos árvores plantadas, mais importante será para o sequestro de CO2 da atmosfera. Todos os processos da árvore são muito importantes para termos o equilíbrio de carbono. Prefiro ter um plano de ação que leve a áreas vegetais que possam fixar e manter o carbono. Mesmo quando usamos a madeira, o carbono fica preso nela."


Essa foi a resposta que o engenheiro florestal Joésio Siqueira da STCP de Curitiba deu sobre a contribuição das florestas plantadas na descarbonização, em entrevista concedida á Carta da Indústria da FIRJAN.


Joésio explora as atividades florestais em alguns Estados brasileiros fora da região Amazônica, como São Paulo, Espírito Santo e Minas Gerais. Para o Rio de Janeiro faz um paralelo com o Mato Grosso do Sul para mostrar o grande potencial. Em especial após a nova lei estadual 9.972 aprovada no início do ano. "Hoje, a lei contempla a atração do investimento para o setor florestal e facilita a construção de um ambiente adequado para proteger os recursos naturais do Rio de Janeiro. Contempla a proteção das águas, do solo e da sociedade, além da geração de bens e benefícios" comenta Joésio. Uma lei avançada em relação à de outros Estados. A lei 9.972 "tem por objetivo o desenvolvimento sustentável, a incorporação ao sistema produtivo das áreas alteradas e/ou degradadas a expansão e a consolidação de áreas com florestas produtivas e adequação ambiental das propriedades rurais, que poderá ser realizada através de parcerias e gestão descentralizada"


Clique na imagem abaixo para ler a entrevista completa.


Vale também destacar que ontem, na FEBRABAN TECH 2023, quando tratava de créditos de carbono, a Ministra Marina Silva comentou sobre o potencial das concessões florestais em áreas públicas degradadas: recuperação, manejo sustentável (30-40 anos) e #créditos de carbono. Aliás, também indicou a necessidade de "madeireiras 2.0" capazes de dar vazão a essa "nova onda" de manejo florestal que se avizinha. Post completo aqui no LinkedIn.


Para concluir, frase recente de nosso leitor Flávio Ojidos: "Uma tecnologia muito antiga chamada #árvore" (LinkedIn).




Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page