top of page

Startups correm para avaliar compensações de carbono

Sylvera, uma empresa que fornece classificações para compensações de carbono semelhantes às pontuações de crédito, disse que levantou US$ 32,6 milhões para ajudá-la a crescer. Clientes como Delta Air Lines, Cargill e Bain & Co., interessam-se pelas analises de imagens de satélite, varreduras a laser 3-D, pesquisas científica e outros dados para avaliar a provável eficácia de projetos de compensação ou proteção de florestas. A empresa está concorrendo com a BeZero, outra startup que iniciou um teste de seu serviço de classificação de compensação em dezembro e planeja lançá-lo comercialmente em abril 2022. Segundo a empresa, cerca de 100 usuários, incluindo a gigante de mineração BHP, estão testando a plataforma. Sylvera busca a liderança na coleta de dados proprietários sobre projetos florestais. Já a BeZero tem uma cobertura mais ampla, tendo publicado mais de 200 classificações para vários tipos de projetos de compensação. Clique na imagem para saber mais sobre a Sylvera e aqui para a BeZero (https://bezerocarbon.com).




 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page