top of page

Satélite rastreará regularmente todos os 6 milhões de lagos e reservatórios de água do mundo

O ciclo global da água parece dinâmico nestes tempos. E há muitas iniciativas acompanhando isso.


Algumas semanas atrás postamos sobre aquíferos offshore - sim, sob o fundo do mar - que foram encontrados na costa dos Estados Unidos, usando novos métodos geofísicos eletromagnéticos.


E ontem cedo, 16 de dezembro, um satélite conjunto da NASA dos EUA e do Centro Nacional Francês de Estudos Espaciais foi lançado para medir os mares, rios e lagos da Terra em detalhes inovadores. O satélite "Surface Water and Ocean Topography" (SWOT) promete ser um divisor de águas para a pesquisa sobre mudanças climáticas e abastecimento global de água. Atualmente, existem dados disponíveis publicamente para apenas 10.000 a 20.000 lagos e reservatórios com mais de um hectare no planeta. O radar do satélite de US$ 1,2 bilhão rastreará a altura, extensão e mudança de elevação da água em quase todos os 6 milhões de lagos e reservatórios do mundo, a cada 10 ou 11 dias. Também permitirá estimarar as vazões dos rios com precisão sem precedentes e dará aos cientistas uma primeira visão 3D dos oceanos.


Note que a França esta bastante ativa nessas frentes ambientais. Relembre aqui nosso recente post sobre a maior usina de hidrogênio da Terra, na fronteira norte da Amazônia, na Guiana Francesa.


Clique na imagem abaixo para saber mais sobre o projeto "Surface Water and Ocean Topography" e navegar pelos recursos no site da missão da NASA. E aqui para um artigo da Nature.





留言

評等為 0(最高為 5 顆星)。
暫無評等

新增評等

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page