Relatórios de sustentabilidade corporativa "empurram incerteza" para auditores

Auditores dizem que levará anos para desenvolver verificações confiáveis ​​sobre as divulgações que as empresas fazem sobre sustentabilidade. Ou seja, as auditorias ESG permanecerão "limitadas" ainda por algum tempo. No ano passado, 2021, apenas metade das 1.400 empresas analisadas pela Federação Internacional de Contadores (IFAC, clique aqui para o relatório) tiveram suas declarações ESG auditadas externamente de alguma forma. Isso deixou muitos investidores dependendo em suas próprias análises - e correndo o risco de greenwashing. Segundo a IOSCO, a credibilidade das alegações ESG depende da auditoria. Espera-se que o IAASB sinalize novo padrão para os auditores dentro em breve. Clique na imagem (IFAC on ESG assurance) para saber mais em matéria da Reuters.




 CARBON CREDIT MARKETS

« … car rien ne se crée, ni dans les opérations de l’art, ni dans celles de la nature, et l’on peut poser en principe que, dans toute opération, il y a une égale quantité de matière avant et après l’opération ; que la qualité et la quantité des principes est la même, et qu’il n’y a que des changements, des modifications. »

Antoine-Laurent De Lavoisier 1789, Traité élémentaire de chimie.