Por que gigantes alemãs apostam em futuro com carros movidos a hidrogênio (UOL)

BMW e Audi estão desenvolvendo protótipos de veículos de passageiros com célula de combustível de hidrogênio, paralelamente com suas frotas de carros a bateria, como parte dos preparativos para abandonar os combustíveis fósseis. O hidrogênio já é visto como uma aposta mais certa pelas maiores fabricantes de caminhões do mundo, como Daimler AG, Volvo Trucks e Hyundai, porque as baterias usadas em veículos elétricos são muito pesadas para as longas distâncias percorridas por veículos comerciais. Ainda assim, a tecnologia de células de combustível - onde o hidrogênio passa por um catalisador, produzindo eletricidade - é por enquanto muito cara para carros de consumo em massa. As células são complexas e contêm materiais caros. Embora o reabastecimento seja mais rápido do que o recarregamento da bateria, a infraestrutura ainda é mais escassa.


Clique na imagem para saber mais.



 CARBON CREDIT MARKETS

« … car rien ne se crée, ni dans les opérations de l’art, ni dans celles de la nature, et l’on peut poser en principe que, dans toute opération, il y a une égale quantité de matière avant et après l’opération ; que la qualité et la quantité des principes est la même, et qu’il n’y a que des changements, des modifications. »

Antoine-Laurent De Lavoisier 1789, Traité élémentaire de chimie.