top of page

Pesos pesados ​​das finanças internacionais da GFANZ e BNDES unem forças em uma Climate Transition Platform.

Hoje é segunda-feira, 4 de março de 2024.


Michael R. Bloomberg: “O Brasil tem uma combinação única de recursos e capacidades que posicionam o país para ajudar a liderar a transição global para uma energia mais limpa e com menos emissões – e como presidente do G20 este ano e presidente da conferência climática COP30 da ONU em 2025, o Brasil tem agora uma oportunidade histórica de mostrar ao mundo como o combate às mudanças climáticas, o crescimento da economia e a difusão da prosperidade estão interligados”.


Mark Carney: “Os compromissos do Brasil e seu histórico de inovação fizeram dele um líder climático global. Agora, as suas ambições renovadas estão a criar uma oportunidade única para acelerar um crescimento forte, sustentável e inclusivo”.


Foram frases do último dia 26 de fevereiro de 2024, em São Paulo, Brasil, quando ambos anunciaram a parceria público-privada entre a Glasgow Financial Alliance for Net Zero (GFANZ) e o Banco Brasileiro de Desenvolvimento (BNDES), a chamada Climate Transition Platform.


Lançada em abril de 2021, antes da COP-26 em Glasgow, a GFANZ reúne 675 instituições financeiras em 50 países e é especializada na mobilização de capital para a transição climática.


Segundo o comunicado, o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, vê nesta nova parceria entre a GFANZ e o BNDES uma nova oportunidade de investimentos internacionais que “acelerem a reindustrialização verde do Brasil”.


Além da Climate Transition Platform, o Brasil também sediará o primeiro Capítulo Nacional da GFANZ na América Latina e Caribe (LAC). “O Capítulo reunirá atores financeiros locais para aumentar a conscientização, a ambição e a colaboração sobre financiamento climático e questões particularmente relevantes para as instituições financeiras brasileiras”. Joaquim Levy, atualmente Diretor de Estratégia Econômica e Relações de Mercado do Banco Safra e ex-Ministro das Finanças do Brasil e atual Vice-Presidente do Conselho Consultivo da Rede GFANZ LAC, liderará o Capítulo. Ele será assessorado por Denise Pavarina, Conselheira Independente do Banco Bradesco.


Ambos são Enviados Especiais da ONU, o Sr. Bloomberg foca em Climate Ambition and Solutions, enquanto o Sr. Carney em Climate Action and Finance. Eles também são co-presidentes da GFANZ. Bloomberg também é o proprietário majoritário e cofundador da Bloomberg L.P. e serviu como prefeito da cidade de Nova York por três mandatos. Carney também é chefe de Investimentos de Impacto na Brookfield Asset Management, presidente da Bloomberg Inc. (empresa controladora da Bloomberg L.P.) e no passado foi presidente do Financial Stability Board e presidente tanto do Banco Central do Canadá quanto do Banco Central da Inglaterra.


Para saber mais sobre esta Climate Transition Platform e o Capítulo GFANZ Brasil, clique na imagem abaixo para o press release da GFANZ. E aqui para o post do BNDES.


Por último, já havíamos mencionado esta iniciativa num post do LinkedIn na semana passada, sobre o 1. Fórum Brasileiro Climate Finance, que inclusive inclui uma mensagem especial de Mark Carney sobre os créditos de carbono brasileiros. Relembre aqui.


Foi Mask Carney quem lançou a Taskforce on Scaling Voluntary Carbon Markets (TSVCM), uma iniciativa liderada pelo setor privado que trabalha para promover um mercado voluntário de carbono eficaz e eficiente para ajudar a cumprir os objetivos do Acordo de Paris. De acordo com o seu website - hosted by the Institute of International Finance (IIF) - "as mais de 250 instituições membros da TSVCM representam compradores e vendedores de créditos de carbono, organismos normalizadores, o setor financeiro, fornecedores de infra-estruturas de mercado, sociedade civil, organizações internacionais e acadêmicos. Um conselho consultivo de 20 ONGs ambientais, alianças de investidores, acadêmicos e organizações internacionais fornece orientação sobre as recomendações do TSVCM”.





Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page