ONU, novo importante relatório: "metade da humanidade" em risco de impactos das mudanças climáticas

A ONU divulgou ontem um novo relatório (clique aqui) descrevendo o impacto do aumento da temperatura global. “Este relatório é um alerta terrível sobre as consequências da inação”, diz Hoesung Lee, presidente do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC). Escrito por especialistas em clima de 67 países, alerta que metade da população mundial é “altamente vulnerável” aos impactos das mudanças climáticas. Se não reduzirmos as emissões de carbono agora, consequências como inundações, quebras de safra e escassez de água se acelerarão nas próximas décadas. O aquecimento global pode resultar em impactos severos, alguns dos quais até irreversíveis. E estamos rapidamente ficando sem tempo para reverter os danos causados ​​por décadas de queima de combustíveis fósseis e outras atividades que liberam gases de efeito estufa. Clique na imagem para saber mais em matéria da Euronews.






 CARBON CREDIT MARKETS

« … car rien ne se crée, ni dans les opérations de l’art, ni dans celles de la nature, et l’on peut poser en principe que, dans toute opération, il y a une égale quantité de matière avant et après l’opération ; que la qualité et la quantité des principes est la même, et qu’il n’y a que des changements, des modifications. »

Antoine-Laurent De Lavoisier 1789, Traité élémentaire de chimie.