top of page

Ministros do G-7 e a luta climática: 8 documentos importantes do último final de semana

No último fim de semana, 15 e 16 de abril, em Sapporo no Japão, o grupo das sete nações mais ricas do mundo (G7) se reuniu para sua reunião anual. Meio ambiente, mudança climática, energia renovável e eliminação gradual de combustíveis fósseis estiveram no topo da agenda.


Além do comunicado principal, alguns outros anexos interessantes e extremamente relevantes (em pdf):

- Termos de Referência para a Aliança G7 sobre Economias Positivas da Natureza. E dois pilares: 1) Compartilhamento de informações sobre oportunidades de negócios e 2) Aprimoramento da divulgação de informações

  1. Princípios da Economia Circular e Eficiência de Recursos (CEREP). E seis princípios: 1) Liderança para economia circular corporativa e estratégias de eficiência de recursos, 2) Integração de abordagens de economia circular e eficiência de recursos com estratégias e ações de clima, biodiversidade e redução da poluição, 3) Identificação de riscos e oportunidades, 4) Transição para negócios circulares e com eficiência de recursos, 5) Aprimoramento do monitoramento e relatórios e 6) Parcerias e engajamento de várias partes interessadas

  2. Princípios dos Mercados de Carbono de Alta Integridade. Dividido em três: 1) Integridade de oferta, 2) Integridade de demanda e 3) Integridade do mercado

  3. Inventário G7 sobre Redução, Resposta e Recuperação de Riscos de Desastres Climáticos. Especificando 1) Antecedentes, 2) Objetivo do Inventário e 3) Conteúdo

  4. Mesa Redonda do G7 sobre Ações Climáticas Subnacionais. Com uma tabela descrevendo políticas e programas nacionais do Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão, União Europeia, Reino Unido e Estados Unidos

  5. Conclusões sobre a Agenda de Descarbonização Industrial. Detalhando duas partes: a) Descarbonização industrial baseada em dados (segmentos siderúrgico/ferro e cimento), eb) Avaliação adequada das emissões evitadas para uma sociedade net zero (cadeias de valor, emissões Scopes 1-3). A agenda deve ser "inclusiva", ou seja, que não exclua pequenas e médias empresas (PMEs) ou start-ups

  6. Plano de Cinco Pontos para Segurança de Minerais Críticos (G7+ Austrália): 1) Previsão de Oferta e Demanda de Longo Prazo, 2) Desenvolver Recursos e Cadeias de Suprimentos com Responsabilidade, 3) Reciclar Mais e Compartilhar Capacidades, 4) Economizar através de Inovações e 5 ) Preparativos para interrupções no fornecimento


E muitos outros detalhes importantes.


Se clicar na imagem abaixo poderá fazer o download de todos estes documentos, incluindo o "Comunicado dos Ministros do Clima, Energia e Ambiente do G7". Scroll down até "Outcome Documents".








 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page