Milton Friedman estava certo (ma non troppo) (por Página 22)

“The Social Responsibility of Business is to Increase its Profits” - Milton Friedman

“Não será por meio da ação voluntária das empresas que iremos salvar o planeta” – Autor desconhecido

“Os que acreditam ser possível o crescimento infinito em um planeta finito ou são loucos, ou são economistas” – Kenneth Boulding, economista inglês (1910-1993)


... as pessoas e as organizações são muito sensíveis ... tempo e dinheiro. A combinação da vontade de maximizar o lucro no menor prazo possível tem produzido resultados socioeconômicos e ambientais indesejados para a maior parte da humanidade ... capitalismo liberal (o mercado resolve tudo) ... limites ... cada vez mais evidentes ... interesses de todos os stakeholders, incluindo-se entre estes o nosso querido planeta Terra (Gaia) e aqueles que ainda não nasceram – as gerações futuras.



Leia mais em https://pagina22.com.br/2021/03/12/milton-friedman-estava-certo-ma-non-troppo/



 CARBON CREDIT MARKETS

« … car rien ne se crée, ni dans les opérations de l’art, ni dans celles de la nature, et l’on peut poser en principe que, dans toute opération, il y a une égale quantité de matière avant et après l’opération ; que la qualité et la quantité des principes est la même, et qu’il n’y a que des changements, des modifications. »

Antoine-Laurent De Lavoisier 1789, Traité élémentaire de chimie.