top of page

Japão: Novas tecnologias para captura de CO2 do ar

Natureza de um lado e tecnologia do outro. E ciência em ambos. "Retirar o dióxido de carbono da atmosfera como as árvores fazem é mais fácil dizer do que fazer". É assim que começa um artigo do Nikkei Asia, e que Carbon Credit Markets elabora abaixo: mais tecnologias inovadoras de captura de carbono sendo desenvolvidas no Japão.


A NGK Insulators, com sede em Nagoya, está trabalhando na captura direta de CO2 no ar usando Honeyceram, um catalisador cerâmico usado principalmente em veículos para limpar as emissões de automóveis. A captura direta de ar envolve o uso de reações químicas para absorver o dióxido de carbono da atmosfera circundante, que pode ser armazenado no subsolo ou usado para produzir combustíveis ou produtos químicos industriais. Essas instalações podem funcionar em qualquer lugar onde haja ar, tornando-as adequadas para desertos ou outras terras difíceis de utilizar.


Espera-se que a planta de demonstração da NGK, prevista para iniciar as operações no ano fiscal de 2025, seja capaz de absorver centenas a milhares de toneladas de dióxido de carbono por ano.


Outra empresa com sede em Nagoya, a Toho Gas está trabalhando em uma tecnologia de captura direta de ar que pode ser instalada em terminais de gás natural liquefeito, o GNL. Trabalhando com a Universidade de Nagoya e outros parceiros, o método da Toho Gas usa o processo envolvendo gás natural e GNL para resfriar um solvente contendo dióxido de carbono abaixo de -140 C, transformando o CO2 em gelo seco.


A Toho Gas planeja construir uma planta protótipo até o ano de 2024, que absorverá 1 tonelada de dióxido de carbono por ano. Espera-se que outros testes comecem em uma instalação ampliada no ano fiscal de 2029.


Vale a pena ler esta publicação da “Toho Gas Group 2050 Carbon Neutrality Initiative


Clique na imagem abaixo (da NGK Insulators Ltd) para ler mais sobre esses dois projetos em um artigo do Nikkei Asia.



Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page