Greenwashing: o que é e por que essa palavra pode impactar seus investimentos e suas compras

by Infomoney


Ser sustentável está na moda. Como em todo hype é comum que algumas empresas queiram participar da conversa, mesmo sem ter as tais práticas sustentáveis. Nesse cenário surge o greenwashing. O greenwashing é um termo em inglês que pode ser traduzido como “lavagem verde” e é praticado por empresas, indústrias públicas ou privadas, organizações não governamentais e até governos. Era, basicamente, uma estratégia de marketing, de promover discursos, ações e propagandas sustentáveis que, com o perdão do trocadilho, não se sustentam na prática. Mas o termo vai muito além disso agora. A preocupação em aderir a práticas ambientais não é (somente) uma questão de consciência. É seguir o caminho do dinheiro. “Ser ESG está muito relacionado à alocação de capital”. Como saber se uma empresa tem práticas sustentáveis ou está praticando greenwashing? O que, de certa forma, facilita essa confusão é a abrangência do termo ESG. “Quando vamos falar de ESG, estamos falando de um monte de coisa”. Clientes e investidores não conseguem perceber de imediato porque o trabalho de fiscalização também é complexo”. “Há muito mais de sustentabilidade a ser feito do que eliminar copo plástico”. Clique na imagem para saber muito mais a respeito e ver o que mais dizem os especialistas.




 CARBON CREDIT MARKETS

« … car rien ne se crée, ni dans les opérations de l’art, ni dans celles de la nature, et l’on peut poser en principe que, dans toute opération, il y a une égale quantité de matière avant et après l’opération ; que la qualité et la quantité des principes est la même, et qu’il n’y a que des changements, des modifications. »

Antoine-Laurent De Lavoisier 1789, Traité élémentaire de chimie.