top of page

Geleiras derretendo podem liberar micróbios mortais, sugerem cientistas

Pesquisadores que estudam amostras das geleiras tibetanas encontraram quase 1.000 novas espécies distintas de microorganismos de mais de 15.000 anos atrás. Estudos anteriores descobriram que microorganismos antigos congelados no gelo ainda podem ser infecciosos, levantando preocupações sobre possíveis novas doenças causadas pelo derretimento das geleiras. Como as geleiras de todo o mundo estão derretendo a um ritmo alarmante, os micróbios liberados podem viajar com a água do degelo para rios e córregos e atingir áreas povoadas, infectando plantas , animais e pessoas. As geleiras no Tibete alimentam vários rios que levam a regiões densamente povoadas da China e da Índia. Clique abaixo para o estudo científico original sobre as geleiras tibetanas publicado na revista Microbiome em 2021, do principal autor e microbiologista Zhi-Ping Zhong. E aqui para um artigo da Forbes, elaborando ainda mais esse novo tipo de risco.




Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page