Fracos padrões ESG impedem a capacidade de fazer o bem, sugere estudo de Fintech (Util)

De acordo com estudo da Fintech inglesa Uti, os fundos ambientais, sociais e de governança (ESG) ainda fazem pouco para impulsionar a mudança. A classificações ESG e outros dados que definem o padrão para uma boa cidadania corporativa são "abissalmente baixos". A maioria dos fundos de sustentabilidade e os dados utilizados concentram-se no desempenho relativo das métricas com base em dados autorrelatados, e não no impacto absoluto de suas atividades de negócios nas redes sociais ou metas ambientais. De acordo com o relatório, os fundos sustentáveis ​​são “plain vanilla” ou seja, nada de especial. E seus impactos líquidos ainda são ruins, concluiu. Clique na imagem para saber mais.




 CARBON CREDIT MARKETS

« … car rien ne se crée, ni dans les opérations de l’art, ni dans celles de la nature, et l’on peut poser en principe que, dans toute opération, il y a une égale quantité de matière avant et après l’opération ; que la qualité et la quantité des principes est la même, et qu’il n’y a que des changements, des modifications. »

Antoine-Laurent De Lavoisier 1789, Traité élémentaire de chimie.