top of page

Copernicus: 2022, um ano de extremos climáticos

Na última segunda-feira, 09 de janeiro de 2023, a Copernicus* divulgou a edição 2022 de seu Relatório Global Climate Highlights.

As notícias são preocupantes, mantendo o "alerta". Aqui estão alguns destaques gerais:

  • Maiores níveis de CO2 em 2 milhões de anos. E para o metano, dos últimos 800.000 anos

  • 2022 foi o quinto ano mais quente do planeta desde o início dos registros

  • Os últimos oito anos foram os mais quentes já registrados. E dentre esses oito, 2022 especificamente foi um dos cinco mais frios (!)


Sobre regiões específicas, "2022: um ano de extremos climáticos":

  • Mar Antártico atinge sua menor extensão já registrada

  • A Europa registrou seu verão mais quente e seu segundo ano mais quente no geral (depois de 2020)

  • Noroeste da Sibéria: 3°C acima da média

  • Sudoeste da Europa e Península Antártica: 2°C acima da média

  • Paquistão, inundações severas

  • Pacífico oriental, temperaturas abaixo da média nos trópicos, indicando a continuação das condições do La Niña

  • Austrália, temperaturas relativamente baixas e inundações extremas no leste da Austrália, também são características tipicamente ligadas a eventos La Niña


Clique na imagem abaixo (ou aqui) para ver o relatório completo e os gráficos.


Além desse relatório do Copernicus, você provavelmente viu como 2022 terminou e como 2023 está começando com situações climáticas "estranhas":


* Consulte também



Hozzászólások

0 csillagot kapott az 5-ből.
Még nincsenek értékelések

Értékelés hozzáadása

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page