top of page

Charles Schwab: El Niño pode trazer tempestades para os mercados

Clima extremo não apenas representa riscos ao meio ambiente e às pessoas, mas também custos e imprevisibilidade econômica. Ou seja, com o aumento de sua intensidade e frequência, o clima extremo significa consequências igualmente sérias para a indústria, agricultura, etc.


Um relatório recente da firma de investimentos Charles Schwab discorre sobre essas consequências. Inclusive correlaciona o movimento do mercado com a última vez que tivemos o El Niño Southern Oscilation, ENSO explicado em nosso post de ontem. Trata-se do gráfico na imagem abaixo, para o período Jan-2015 a Jan-2018.


"O clima raramente tem impacto material nos mercados", é como o relatório começa. Em seguida, o autor acrescenta que "a alta probabilidade de um evento El Niño no segundo semestre de 2023 traz preocupações de clima extremo, inflação persistente, interrupções na cadeia de suprimentos e volatilidade do mercado".


Além do que temos postado sobre El Niño e clima extremo , o relatório acrescenta:

  • Na Alemanha, a profundidade do rio Reno em alguns pontos caiu abaixo de 1 metro, tornando o rio potencialmente intransitável para a maioria das barcaças que transportam produtos industriais e carvão

  • Na França, o Ródano está muito quente para resfriar os reatores nucleares da Electricité de France, levando a paralisações e menor produção

  • Na Europa Oriental, o Danúbio em Budapeste caiu para 135 centímetros, ameaçando uma importante rota de transporte de grãos

  • Os custos do frete de transporte de commodities podem aumentar se os modais e a frequência precisarem ser alterados

  • Calor excessivo em áreas populosas nos Estados Unidos

  • A geração hidrelétrica também pode ser reduzida, aumentando a pressão sobre o fornecimento de energia e pressionando os preços do gás e do carvão

  • Incêndios florestais no Canadá já afetam mais de 100 milhões de pessoas

  • Mineração interrompida por fortes chuvas no Chile, um importante exportador de cobre


Com todas essas e outras consequências do clima extremo no Hemisfério Norte, é provável que ocorram impactos em commodities, alimentos e energia, podendo levar a um aumento da inflação nos próximos meses.


Além de uma breve introdução, o relatório aborta:

  • Maior inflação

  • Mais aumentos de juros

  • Potencial para manifestações

  • Efeitos financeiros

  • Impacto no mercado


E conclui com um tópico intitulado “Tempestades no horizonte”, indicando:

"O clima extremo intensificado pelo El Niño pode trazer volatilidade ao mercado, caso a história se repita. O El Niño pode resultar em interrupções na produção de alimentos, afetar o movimento de mercadorias e o preço da energia, causar perdas por furacões para as seguradoras, criar agitação geopolítica e manter as taxas de juros mais altas por mais tempo em alguns países - principalmente em mercados emergentes. Claro que o clima é difícil de prever - assim como os mercados - mas os investidores devem considerar esses impactos potenciais".


Clique na imagem abaixo para o relatório (em inglês).




Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page