Aterros sanitários da Califórnia estão ficando cheios de de painéis solares usados

A Califórnia foi pioneira na promoção de energia solar em telhados, quando a partir de 2006, concedeu subsídios aos proprietários que instalavam painéis fotovoltaicos. Mais de 20 anos e 1,3 milhão de telhados depois, a conta está chegando. Os painéis adquiridos sob esses programas estão atingindo o fim de sua vida útil típica, de 25 a 30 anos. 80% de um painel fotovoltaico típico é feito de materiais recicláveis, porém desmontá-los e recuperar o vidro, prata e silício ainda é extremamente difícil. E há também painéis contendo materiais tóxicos, como cadmio e selêno, que devem ser encaminhados para aplicações especiais ou aterros sanitários com proteções extras contra vazamentos. Na verdade, este não é apenas um problema na Califórnia, mas de todo o Estados Unidos. Segundo ficha técnica da Solar Energy Industries Association um novo projeto solar foi instalado a cada 60 segundos em 2021. E para o futuro próximo, espera-se que a indústria solar quadruplique de tamanho. Clique para ler mais, artigo do Los Angeles Times.


 CARBON CREDIT MARKETS

« … car rien ne se crée, ni dans les opérations de l’art, ni dans celles de la nature, et l’on peut poser en principe que, dans toute opération, il y a une égale quantité de matière avant et après l’opération ; que la qualité et la quantité des principes est la même, et qu’il n’y a que des changements, des modifications. »

Antoine-Laurent De Lavoisier 1789, Traité élémentaire de chimie.