ANBIMA, audiência pública até 29 de outubro: Fundos sustentáveis devem adotar sufixo IS no nome

Audiência pública até 29 de outubro. A ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) definiu critérios para a identificação dos fundos de renda fixa e de ações que têm como propósito investimentos sustentáveis, deverão levar o sufixo IS (Investimento Sustentável) no nome. A carteira deve estar alinhada ao propósito e nenhum investimento pode comprometê-lo. Os fundos atualmente classificados na subcategoria sustentabilidade / governança - que deixará de existir - terão 12 meses para se adaptarem. Caso atendam aos novos critérios, além de adotar o sufixo IS, devem alterar a razão social e fazer as adaptações necessárias em suas estratégias de vendas. Nos próximos meses deve-se expandir a implementação dos critérios para outras classes de fundos, como os multimercados e os estruturados, FIDCs (Fundos de Investimento em Direitos Creditórios), FIPs (Fundos de Investimento em Participações) e fundos imobiliários. Clique na imagem para saber mais.



 CARBON CREDIT MARKETS

« … car rien ne se crée, ni dans les opérations de l’art, ni dans celles de la nature, et l’on peut poser en principe que, dans toute opération, il y a une égale quantité de matière avant et après l’opération ; que la qualité et la quantité des principes est la même, et qu’il n’y a que des changements, des modifications. »

Antoine-Laurent De Lavoisier 1789, Traité élémentaire de chimie.