top of page

Alinhado com a IPSF, China e Singapura aprofundam colaboração em finanças verdes

Para fortalecer a colaboração em finanças verdes e de transição, na semana passada a Monetary Authority of Singapore (MAS) e o People’s Bank of China (PBC) estabeleceram sua China-Singapore Green Finance Taskforce (GFTF).


O GFTF estabelecerá três linhas de trabalho iniciais, para focar nas seguintes áreas prioritárias:

  • Taxonomia, interoperabilidade e definições. A MAS e a PBC trabalharão juntas sob a International Platform on Sustainable Finance ​​(IPSF) para alcançar a interoperabilidade entre as taxonomias. E colaborar ainda mais para aprimorar o uso da Common Ground Taxonomy da IPSF, bem como aprofundar a compreensão das atividades de transição definidas entre os países.

  • Produtos e instrumentos, como o mercado de títulos de sustentabilidade.

  • Tecnologia. Títulos verdes digitais com créditos de carbono, alavancando a tecnologia por meio do Metaverse Green Exchange (MVGX) e do Beijing Green Exchange (CBGEX).


Clique aqui para saber mais sobre o IPSF, sua Common Ground Taxonomy e muito mais. O objetivo final do IPSF é mobilizar o capital privado para investimentos ambientalmente sustentáveis. Foi lançado em 18 de outubro de 2019 pela União Europeia, Argentina, Canadá, Chile, China, Índia, Quênia e Marrocos, com a adesão de várias outras jurisdições posteriormente. Juntos, os atuais 19 membros da IPSF representam 55% das emissões de gases de efeito estufa, 51% da população mundial e 55% do PIB global.


E se você clicar na imagem abaixo você pode ler o press release sobre esta parceria específica China-Singapura.





Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page