top of page

África: um extraordinário potencial de hidrogênio verde.

Hoje é é quarta-feira, 3 de abril de 2024.


Continuando a série de breves atualizações sobre alguns fatos significativos sobre o hidrogênio, postados anteriormente pela Carbon Credit Markets.



Sobre cerca de 3 centros de exportação mapeados num estudo encomendado pelo European Investment Bank, pela International Solar Alliance e pela Africa Union, apoiado por alguns outros governos e entidades. Basicamente Marrocos e Mauritânia no hub do Noroeste da África, hub do Egito e hub do sul, com a África do Sul e Namíbia. Um potencial bastante significativo de 50 Mt anuais de hidrogênio verde (solar) que ajudaria a garantir o abastecimento global através das exportações. Especialmente para regiões industrializadas da vizinhança, como a Europa.


Atualização de 2024, março


Estudo recém lançado “The Africa Hydrogen Opportunity” pelo Hydrogen Council e pela McKinsey & Co., reafirma o potencial de que o desenvolvimento da produção de hidrogênio renovável em África permitiria alcançar a suficiência energética continental e também tornar-se um grande exportador mundial. Serão necessários US$ 400 bilhões de investimentos, o que até 2050 gerará US$ 15 bilhões em novas receitas anuais para a África relacionadas com a exportação de hidrogênio. E segurança energética para os países industrializados.


O próximo post será uma atualização sobre uma das maiores usinas de hidrogênio do mundo, na Guiana Francesa.


@HydrogenMarkets



Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating

 CARBON CREDIT MARKETS

“Nothing in life is to be feared, it is only to be understood. Now is the time to understand more, so that we may fear less.”

“I am among those who think that science has great beauty”

Madame Marie Curie (1867 - 1934) Chemist & physicist. French, born Polish.

bottom of page